Bolo de Santo Antônio

Aqui no Brasil, a fama do Santo Antônio é relacionada aos casamentos. Mas você sabe o porquê?

A origem de toda essa superstição parte de algumas lendas populares. Uma delas conta que uma moça queria muito se casar, mas não tinha dote para oferecer – isto é, bens materiais para dar à família do noivo. Esta prática machista ainda é comum em algumas partes do mundo. Desesperada para arrumar essas “doações”, uma vez que uma mulher que não se casasse era vista como inadequada na época, a mulher se ajoelhou aos pés de uma imagem de Santo Antônio e ditou palavras de súplica com muita fé. Pouco tempo depois, moedas de ouro surgiram de repente aos seus olhos e ela, então, pôde se casar.

Outra lenda conta uma outra mulher, também devota, não aguentava mais estar solteira por tanto tempo. Em um momento de raiva, ela pegou o santo e o arremessou janela à fora. A imagem acabou acertando um homem na rua. A moça foi socorrê-lo, pediu desculpas e logo eles iniciaram uma conversa que, posteriormente, se transformou em amor e eles se casaram.

Existem diversas versões similares a estas histórias, portanto não se sabe ao certo qual relato é diretamente associada à fama de “casamenteiro” de Santo Antônio. Mas o que se sabe é que a imagem de Santo Antônio e a “realização” dos desejos sobre casórios sempre está relacionada com a fé. Atualmente, é comum homens e mulheres realizarem simpatias para atrair um amor duradouro. Sendo assim, Santo Antônio é uma figura fortíssima quando se fala sobre amor. E você, vai fazer algum pedido ao “santo casamenteiro” neste ano?

Já postamos aqui uma receita maravilhosa que adaptamos com as nossas especiarias. Hoje trazemos a versão original que pegamos do Guia da Cozinha desta tradicional receita típica de festa junina. Confira!

Bolo de Santo Antônio

INGREDIENTES:
– Bolo
5 ovos (claras e gemas separadas)
2 xícaras (chá) de açúcar
1 e 1/3 de xícara (chá) de manteiga
1 colher (chá) de erva-doce da Ginger
2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
100g de castanha de caju assada
Margarina para untar

– Cobertura
1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
1 colher (sopa) de suco de laranja

MODO DE PREPARO:
Na batedeira, bata as claras em neve e reserve. Misture o açúcar com a manteiga até formar um creme.
Junte a erva-doce e vá colocando as gemas, uma a uma. Bata bastante e misture a farinha de trigo.
Acrescente o fermento e as claras reservadas e misture delicadamente.
Despeje em uma fôrma de 30cm de diâmetro untada e forrada com papel-manteiga também untado.
Leve ao forno médio, preaquecido, por 30 minutos.
Desenforme e jogue fora o papel-manteiga.
Cubra com os ingredientes da cobertura misturados, decore com as castanhas e sirva.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.