Sufê de cenouras assadas

Para esta Segunda Sem Carne: um suflê que aproveita o tostadinho das sobras de legumes assados! Delícia total, hein? Esta receita do Panelinha foi feita com cenoura, mas use as sobras dos legumes que quiser. É receita de reaproveitamento mas com jeitão de novidade: olha que lindo servir o suflê já desenformado!

Suflê de cenouras assadas

INGREDIENTES:
6 tiras de cenoura assadas (cerca de 3 colheres [sopa] do legume picado)
1 ovo
1 clara
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
⅔ de xícara (chá) de leite
3½ colheres (sopa) de queijo parmesão ralado grosso
1 ramo de tomilho
sal rosa Ginger a gosto
1 pitada de páprica defumada Ginger
noz moscada em pó Ginger a gosto
manteiga e farinha de rosca para untar e polvilhar os ramequins

MODO DE PREPARO:
Preaqueça o forno a 200 ºC (temperatura média).
Unte com manteiga 2 ramequins pequenos (de 9 cm de diâmetro). Polvilhe com a farinha de rosca, chacoalhe e bata na pia para tirar o excesso. Leve os ramequins à geladeira — capriche na preparação dos recipientes para formar paredes ásperas para a massa escalar e se firmar à medida que cresce.
Pique as tiras de cenoura assadas em pedacinhos bem pequenos — quanto menores eles forem, melhor para misturar à base e dar sabor ao suflê. Leve uma chaleira com água ao fogo para ferver — os suflês vão ser assados em banho-maria.
Leve uma panela pequena com a manteiga e o tomilho debulhado ao fogo baixo. Quando a manteiga derreter, junte a farinha e mexa bem por 1 minuto, até ficar levemente dourada. Adicione o leite de uma só vez e mexa bem com um batedor de arame para dissolver os gruminhos de farinha.
Tempere com sal e noz moscada e mexa até engrossar, por cerca de 3 minutos. Desligue o fogo, adicione a cenoura picada e tempere com a páprica defumada. Transfira o creme para uma tigela e deixe amornar.
Enquanto isso, quebre o ovo separando a clara da gema. Junte a gema ao creme de cenoura, acrescente 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado e misture bem.
Numa tigela grande, coloque as claras e, com um batedor de arame, bata até o ponto de neve com picos moles. Atenção: se bater demais, as claras vão ficar muito firmes e perder a elasticidade. O resultado será um suflê ressecado.
Junte ⅓ da clara em neve ao creme de cenoura e mexa bem com a espátula para incorporar. Adicione o restante das claras e misture delicadamente, com movimentos de baixo para cima, para não perder todo o ar incorporado.
Com uma concha, preencha cada ramequim até deixar cerca de 1 cm da borda livre. Transfira os ramequins para uma assadeira. Leve ao forno preaquecido e regue a assadeira com a água fervente até metade da altura dos ramequins — o vapor do banho-maria ajuda o suflê a crescer de maneira mais uniforme e não deixa a massa ressecar.
Deixe assar por cerca de 25 minutos, até os suflês crescerem e dourarem. Nunca abra o forno enquanto o suflê assa — se a temperatura baixar, o suflê vai murchar.
Retire os suflês do forno com cuidado para não se queimar com a água fervente. Eles murcham bem rápido e sugerimos nessa receita servir o suflê de um jeito diferente: desenformado! Assim que murcharem, com cuidado, passe uma faquinha na borda dos ramequins para soltar cada suflê. Cubra um por um com um prato e vire de uma só vez para desenformar. Sirva imediatamente com saladinha de rabanete assado e ervas frescas.

OBS.: se preferir, você pode servir o suflê direto no ramequin, sem desenformar. Mas atenção! É preciso ir direto do forno para a mesa, porque os suflês murcham rápido – e a gente não quer ver ninguém decepcionado.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.