Categories Menu

Posted by on out 12, 2016 in Blends, GingerTemperos | 0 comments

Fritas de batata doce com Toscana e molho de ervas com Cúrcuma

batata-3

 

Ingredientes

500 gramas de batata doce

Água

Sal a gosto

Toscana da Ginger a gosto

Óleo para fritar

 

batata-4

 

200 gramas de maionese

1 colher (de chá) de Cúrcuma da Ginger

1 colher (de chá) de Sicília da Ginger

 

batata-2

 

Modo de Fazer

Corte as batatas em palito ou rodela e deixe na água com sal para que não oxidem. Leve para a geladeira para que fiquem ainda mais durinhas. Seque-as e frite em óleo na temperatura média e escorra no papel toalha já adicionando o Toscana da Ginger e o Sal.

 

batata-5

 

Misture a maionese com os temperos e coloque nos potinhos para servir como acompanhamento da batata.
batata

FacebookEmailPrintCompartilhar
Read More

Posted by on set 15, 2016 in Espaço do cliente, GingerTemperos | 0 comments

Creme de Ervilha com Cúrcuma e Salsa do André

2016-05-31-photo-00000061

 

Essa receita é daquelas deliciosas que chamamos de “comfort food”. Achamos aqui essa definição que é perfeita: “Comfort Food é aquele prato que nos remete às boas lembranças, seja ela da infância ou de uma época boa das nossas vidas. Não é só a comida da mamãe que recebe essa denominação. Cada pessoa tem a sua Comfort Food que não é necessariamente a comida consumida na sua casa.”

O querido cliente André caprichou nesse creme de ervilha, incorporando temperos saudáveis e nutritivos como a Cúrcuma e o Alecrim e resultou numa receita simples, nutritiva e muito gostosa.

 

2016-05-31-photo-00000067

 

Ingredientes:

500g de ervilha partida
300g de linguiça fina
1 cenoura inteira
1 cebola grande
2 dentes de alho
1 colher de sopa de Salsa desidratada Ginger
2 colheres de chá de Cúrcuma Ginger
1 colher de chá de Sal Rosa Ginger

 

2016-05-31-photo-00000062

Modo de fazer:
Deixe a ervilha de molho por duas horas. Após esse tempo, escorra a ervilha, corte a cebola em pedaços pequenos e a cenoura e a linguiça em rodelas. Amasse os dentes de alho e refogue junto com a cebola em manteiga ou azeite (quantidade a seu critério).
Depois de refogar alho e cebola na panela de pressão, coloque a ervilha e deixe refogar por 3 minutos, mexendo sempre.
Adicione a Cúrcuma e a Salsa e misture bem. Acrescente a linguiça e a cenoura, adicione água até aproximadamente 3 ou 4 dedos acima das ervilhas, tampe a panela e deixe em fogo médio por uma hora e pronto. 🙂
Para acompanhar, faça torradinhas feitas com pão de forma cortado em tiras, salpicadas com azeite, Alecrim Ginger e sal grosso.

Um ótimo dia dos Clientes! Hoje, 15 de setembro de 2016, na compra de qualquer um dos produtos dessa receita, você tem frete grátis. \o/

 

2016-05-31-photo-00000065

 

 

Read More

Posted by on jun 30, 2016 in GingerTemperos | 0 comments

Benefícios da Cúrcuma para a saúde – A Deusa Dourada

curcuma-modo-usar

 

A maioria das pessoas conhece Cúrcuma (Curcuma longa) como um pó de cor laranja brilhante localizado na seção de temperos, bem ali entre o tomilho e os favos de baunilha. E muitos de nós usamos cúrcuma na cozinha, em especial se tivermos uma afinidade para preparar pratos inspirados na culinária indiana. Semelhante ao componente em forma de raiz do seu primo gengibre, a cúrcuma é um alimento básico das tradições alimentares indianas há milênios e tem um longo histórico de uso medicinal (mais de 4 mil anos) dentro das medicinas Ayurveda, tradicional chinesa e Siddhi.

O papel da Cúrcuma na devoção hindu e nas cerimônias sagradas é mencionado por um de seus nomes em sânscrito: Kanchani, a “Deusa Dourada”, talvez chamada assim porque seu lindo tom dourado concede de forma generosa propriedades curativas a uma grande variedade de indisposições.

Na verdade, a medicina Ayurveda usa a cúrcuma como um agente de cura para lesões na pele, inflamações no tubo digestivo, dores e desconfortos e problemas no fígado. Já a ciência moderna confirma as propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes da cúrcuma.

O tom dourado característico é produzido pela curcumina, o componente da cúrcuma mais isolado e estudado pelos cientistas, porém a planta inteira é usada em tradições fitoterápicas e tem sido objeto de muitos estudos favoráveis.

curcuma

Ações fitoterápicas da cúrcuma

Antioxidante e Anti-inflamatória
Os antioxidantes vão em busca de radicais livres para ajudar a reduzir ou prevenir lesões e inflamações causadas por eles e os agentes anti-inflamatórios bloqueiam enzimas que promovem inflamações e dores. A Cúrcuma costuma ser usada na medicina Ayurveda para reduzir inflamações de garganta e amígdalas e como uma planta anti-inflamatória para muitos tipos de dores e desconfortos. Um estudo randomizado de 2009 observou a eficácia e segurança da cúrcuma em pacientes com artrite no joelho (um distúrbio inflamatório), concluindo que a cúrcuma é tão eficaz e segura como o medicamento Ibuprofeno (Kuptniratsaikul, et al, 2009). Você vai descobrir que diversas ervas culinárias também têm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, incluindo sálvia, gengibre e alho.

Propriedades antimicrobianas
As ervas antimicrobianas inibem o desenvolvimento de patógenos como bactérias, vírus e fungos. Um estudo de 2009 sobre extratos aquosos da cúrcuma apresentou uma ação antimicrobiana benéfica contra patógenos como E Coli e staph (Niamsa, et al, 2009).

Efeito colerético
Os alimentos coleréticos estimulam a produção de bile, ajudando, deste modo, na digestão. Na medicina Ayurveda, a cúrcuma é uma planta estimulante que ativa um fogo digestivo ou agni. Como outras plantas de sabor amargo que estimulam a produção de bile, a cúrcuma é usada para promover a digestão e aliviar os sintomas do tubo digestivo. Um estudo randomizado duplo-cego cruzado de 1999 usou um exame de ultrassom para examinar a vesícula biliar após a administração de curcumina, levando os pesquisadores a concluir que a “curcumina induz à contração da vesícula biliar em humanos” (Raysid, et al, 1999).

Em um estudo duplo-cego controlado com placebo na Tailândia, a curcumina foi comparada a um placebo e a um remédio de livre prescrição para indigestão. Oitenta e sete por cento do grupo da curcumina teve alívio total ou parcial de indigestão após 7 dias, em comparação a 53% no grupo com placebo. (Thamlikitkul, et al, 1989)

Cúrcuma oferece opções tão dinâmicas de benefícios à saúde que está até mesmo sendo estudada em relação a seu efeito potencial sobre doenças sérias, como câncer, mal de Alzheimer e doenças do coração. Os benefícios cardíacos, especificamente, são do seu efeito sobre o colesterol, os triglicerídios e o nível de açúcar no sangue. Ainda que os estudos não demonstrem que ela seria uma boa substituta para os medicamentos para colesterol e diabetes, seu uso a longo prazo pode ajudar a reduzir a quantidade de medicamentos usados durante um tratamento.

os-beneficios-dieteticos-da-curcuma

Como usar a cúrcuma

Uso tópico e externo

Devido às suas propriedades antibacterianas, quando combinada com sal e usados juntos como uma pasta, a cúrcuma pode ser aplicada sobre a pele para tratar lesões e inchaços. Esse remédio também é usado para ajudar a curar machucados. Gargarejo com água com sal também costuma funcionar como alívio para dor de garganta. No entanto, a cúrcuma, quando usada com sal, tem potencial de ser ainda mais eficaz! Você pode encontrar cúrcuma nesse link.

Gargarejo com cúrcuma e sal

Ingredientes

Uma ou duas pitadas de Cúrcuma
Uma ou duas pitadas de sal

Adicione à agua quente e faça um gargarejo como você faria normalmente com água com sal.

Uso interno

As propriedades medicinais da cúrcuma podem não ser absorvidas bem devido a seu rápido metabolismo no fígado e intestino, salvo se consumida com pimenta-do-reino. Em um exemplo válido do conceito de teste pontual de ervas estimulantes (que estimulam a atividade de outras ervas), aparentemente a piperina presente na pimenta-do-reino aumenta a biodisponibilidade da curcumina da cúrcuma em até 2000% (Shoba et al. 1998)! Observação: a pimenta-do-reino pode inibir o metabolismo de medicamentos, portanto deve ser usada com cautela, se for usada, por aqueles que tomarem medicamentos farmacêuticos.

Seja colocando na comida ou tomando com outras ervas em forma de chá, a cúrcuma está no centro de diversos medicamentos e continua provando seu valor mesmo depois de milhares de anos de uso.

Uma receita que foi comprovada é o “Leite Dourado”, um tradicional preparado Ayurveda. Aqui está a nossa versão desta antiga receita, com adição de pimenta-do-reino para uma biodisponibilidade aumentada da curcumina. Essa bebida deliciosa e agradável é ótima para ser tomada no inverno e ser servida à temperatura ambiente ou levemente quente, se preferir.

Leite Dourado

Uma porção

Ingredientes

1 xícara de leite de coco, leite de arroz ou leite de amêndoas não adoçado
¼ – 1/2 colher de chá de pasta de cúrcuma (ou adicione cúrcuma em pó)
1 colher de chá de óleo de coco
Algumas pitadas de pimenta-do-reino em pó
Uma pitada generosa de baunilha
Mel puro ou melado a gosto
Canela salpicada

Instruções

  • Coloque 1 xícara de leite com a pasta de cúrcuma, o óleo, a pimenta-do-reino, a baunilha e o xarope de ácer e bata no liquidificador.
  • Bata na velocidade alta até que a mistura fique densa e espumante.
  • Sirva em uma taça, polvilhe canela e sirva.

 

Turmeric_smoothie

 

 

Receitas com cúrcuma

As instruções tradicionais recomendam fazer uma pasta de cúrcuma primeiro, que pode ser colocada na torrada ou adicionada a outros pratos, mas você também pode simplesmente adicionar Cúrcuma em pó no leite.

Pasta de cúrcuma

Ingredientes

¼ xícara de Cúrcuma em pó
½ xícara de água

Instruções

  • Coloque a cúrcuma em pó e a água em uma panela.
  • Cozinhe em fogo baixo até que a mistura vire uma pasta encorpada.
  • Deixe esfriar, depois coloque na geladeira.

Segurança

A cúrcuma não deve ser usada a longo prazo ou como medicamento por quem tem insuficiência cardíaca. Quem tem tendência a pedra nos rins, cálculo biliar, obstrução das vias biliares ou problemas no tubo digestivo não deve usar cúrcuma. Também não deve ser usada como medicamento por mulheres grávidas. Pare de usar cúrcuma duas semanas antes de passar por cirurgia.

Saiba mais sobre cúrcuma e outras ervas no Online Intermediate Herbal Course, com mais de 100 receitas saudáveis e de bem-estar.

Texto original da The Herbal Academy traduzido pela Solarium Tradução.

Read More

Posted by on maio 25, 2016 in GingerTemperos | 0 comments

Jantar do Dia dos Namorados

 

Jantar do Dia dos Namorados – Rendimento: 2 pessoas

Que tal um menu afrodisíaco para fechar o dia dos namorados com chave de ouro? Para isso, nada melhor que um jantar indiano!
Fizemos uma seleção de pratos extremamente saborosos onde os temperos e a fragrância reinam. O ambiente vai ser tomado pelo clima indiano e o dia dos namorados vai ser inesquecível <3.

 

Samosas Vegetarianas

Massa

1 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de farinha integral
75 gramas de margarina derretida
1 pitada de sal
¼ de água morna
Óleo para fritar

Recheio

½ colher (sopa) de azeite
½ colher (chá) de mostarda em grão
½ colher (chá) de Gengibre em pó Ginger
½ colher (chá) de Cúrcuma Ginger
½ colher (chá) de Cominho moído Ginger
1 lata de ervilha
1 cenoura cozida
2 batatas cozidas
Sal a gosto

Samosas Vegetarianas

Modo de fazer:

Massa: misture todos os ingredientes, menos a água. Após misturados, vá adicionando a água morna até que forme uma massa homogênea. Sobre uma superfície enfarinhada, abra a massa bem fina com o rolo e corte discos do tamanho de um palmo. Para rechear, divida os discos ao meio, feche como um cone, recheie e feche com os dedos úmidos ou com um garfo

Recheio: No azeite quente, adicione a mostarda em grãos, deixe fritar um pouco e adicione o gengibre em pó da Ginger. Frite mais um pouco, adicione a cúrcuma e o cominho da Ginger. Adicione a batata cozida amassada, a ervilha, a cenoura em pedaços pequenos, acerte o sal e deixe fritar um pouco. Depois que o recheio esfriar, recheie as samosas e frite em óleo bem quente ou asse em forno médio.

P.S.: caso tenha acesso a loja de artigos asiáticos, a massa de samosa pode ser facilmente encontrada pronta.

Samosas Vegetarianas (3)

Curry de carne e Arroz de coco com especiarias

Arroz

1 ½ copo de arroz da sua preferência
½ colher (sopa) de Cúrcuma Ginger
1 garrafa pequena de leite de coco
Alho e cebola picados
2 colheres (sopa) de coco ralado
Castanha de caju a gosto
Sal a gosto

Curry

½ abóbora cabotia
1 garrafa pequena de leite de côco
1 colher (chá) de Chilli Ginger
500 gramas de filé mignon em cubos
1 cenoura crua em rodelas
Sal a gosto

Curry de carne e Arroz de coco com especiarias (4)

Modo de fazer:

Arroz: Frite o alho e a cebola, acrescente o arroz, sal, cúrcuma e misture. Adicione o leite de côco e deixe o arroz secar. Caso queira mais macio, adicione um pouco de água no fim do cozimento. Para servir, adicione as castanhas e o coco ralado. Caso queira dourar um pouco o coco em uma frigideira para servir, o resultado fica ótimo.

Curry: Corte a abóbora em pedaços grandes e coloque para assar em forno médio sem retirar as cascas. Quando ela estiver macia, retire do forno. Com uma colher raspe toda a abóbora da casca e coloque em uma panela. Adicione o leite de coco, o Chilli, a cenoura e acerte o sal. Reserve.
Frite o mignon em azeite quente rapidamente, coloque sal e adicione ao caldo de abóbora. Sirva quente com o arroz.

Curry de carne e Arroz de coco com especiarias (2)

Frutas com Ganache ao Rum e Garam

1 caixa de morango
2 bananas
1 cacho de uvas sem semente
200 gramas de chocolate meio amargo
100 ml de creme de leite
1 colher (sopa) de rum
1 colher (chá) de Garam Masala Ginger

Frutas com Ganache ao Rum e Garam (3)

Modo de fazer:

Derreta o chocolate em banho-maria e após derreter totalmente, adicione o rum. Vá adicionando o creme de leite aos poucos até chegar ao ponto em que deseja seu creme e finalize com a colher de Garam Masala. Corte as frutas e sirva em um recipiente à parte para que sejam embebidas na calda com a ajuda de um garfo ou palito.

 Frutas com Ganache ao Rum e Garam (2)

 

Lassi

1 pote de iogurte natural
1 pote de polpa de maracujá (mesma medida do iogurte)
1 cravo
Sementes de 1 cardamomo Ginger
1 pitada de gengibre em pó Ginger
Açúcar ou adoçante a gosto

Lassi

Modo de fazer:

Bata no liquidificador todos os ingredientes e sirva bem gelado. O Lassi também pode ser de manga, abacaxi, morango ou uva.

Lassi (3)

 

 

Read More

Posted by on mar 18, 2016 in Convidados, GingerTemperos | 0 comments

Angu à Mineira com Toscana e Cúrcuma

A Fabiane Vieira, nossa parceira do Fazedora de Comida, fez um incrível Angu à Mineira usando o Toscana para temperar a carne e um toque de Cúrcuma no arroz. Vem com a gente ver que espetáculo!

Ingredientes:
Carne:
– 500g de acém ou músculo cortado em cubos (eu fiz c carne moída ????)
–  Pimenta moída à gosto
–  Um fio de vinagre
– 100g de bacon cortados em cubos
– 1 cebola média picadinha
– alho picado a gosto (eu coloquei 4 dentes)
– 2 colheres de sopa de extrato de tomate concentrado
– sal à gosto
– pimenta do reino a gosto
Toscana a gosto
– 1/2 tablete de caldo de carne
– queijo mussarela ralado em ralo grosso;
– salsinha e cebolinha picados, ou coentro.

Angu à Mineira

Para o angu
– 400 ml de água fervendo
– 3 colheres de fubá(eu uso o pré cozido, pois fica pronto mais rápido)

Preparo da Carne
– Tempere a carne com um pouco de sal, pimenta do reino, alho e o tempero de sua preferência, eu usei o Toscana da Ginger Temperos.
– Em uma panela de pressão coloque um fio de azeite e frite o bacon, depois de frito, retire e coloque sobre um papel toalha e reserve;
– Na mesma panela ainda com a gordura do bacon e bem quente, coloque a carne já temperada, não misture, deixe até que esteja dourada, em seguida vire as carnes para que dourem por todos os lados, disponha a cebola picada e deixe dourar (lembrando que eu usei carne moída portanto não usei na pressão, fiz normalmente na panela comum)
– Escorra toda a gordura, acrescente o bacon e a calabresa já fritos e o extrato de tomate, misture bem e deixe que o extrato frite por uns 2 minutos, acrescente a água até cobrir toda carne e passando 02 dedos, coloque o caldo de carne;
– Tampe a panela e conte a partir do momento que começar a fazer o barulho, aproximadamente 30 minutos.
– Depois de passados os 30 minutos, desligue o fogo e deixe toda a pressão sair.

Para o angu:
O Angu deve ficar cremoso, mais pra mole. Comece a prepará- lo quando estiver faltando uns 20 minutos para a carne ficar pronta;
– Coloque a água em uma panela grande e deixe ferver;
– Misture o fubá em água fria até que ele esteja homogêneo.

Acompanhe as receitas deliciosas pelo Facebook Fazedora de Comida.

Ah, e o Fazedora de Comida também está no Instagram: @fazedoradecomida. 🙂

Read More