Categories Menu

Posted by on jun 12, 2016 in GingerTemperos | 0 comments

Bolo de Santo Antônio

O Dia de Santo Antônio é comemorado a 13 de junho por ser a data de sua morte, no ano de 1231.  Ele foi muito conhecido pela sua vida despojada de riquezas, apesar de ter nascido em uma família abastada, e seu trabalho com os pobres foi essencial para que fosse rapidamente reconhecido como santo após sua morte.

Estamos sempre acostumados a associar o Santo às simpatias e festas, mas o Franciscano era um homem erudito e de conhecimento muito além da Igreja. Na coletânea de sermões escritos que deixou, fica evidente que estava familiarizado tanto com a literatura religiosa como com diversos aspetos das ciências profanas, referenciando-se em autoridades clássicas como Plínio, o Velho, Cícero, Séneca, Boécio, Galeno e Aristóteles, entre outros. Seu conhecimento das ciências naturais ultrapassa em muito o currículo regular das artes liberais medievais, aprofundando-se em áreas como a medicina, a física, a história natural, a cosmografia, mineralogia, zoologia, botânica, astronomia e ótica.

padua6

Santo Antônio de Pádua

Legal, né? Pois é. Eu gosto muito da história desse Santo e me lembrei que no Nordeste, onde em junho existem muitas comidas típicas das festas de São João, tem o Bolo de Santo Antônio. Procurei várias receitas e cheguei nessa, onde fiz algumas alterações por conta e risco (cozinha é laboratório, como diz minha querida amiga Lena Gasparetto). Troquei a farinha de trigo pela de aveia, a castanha de caju pela do Pará, reduzi o açúcar mudei para o mascavo, omiti alguns ingredientes e obviamente acrescentei minhas amadas especiarias. O resultado, amigos, foi um dos melhores bolos que já fiz. Super fofo, com aroma e sabor marcantes e com os pedaços da castanha deixando tudo mais delicioso e completo.

Daí fica a critério de quem quiser esconder medalhinhas do Santo ou alianças no bolo pra fazer a brincadeira de quem vai casar primeiro. 😛

Vem comigo aprender essa maravilha:

 

Ingredientes

1/2 xícara de castanha do Pará em pedaços pequenos

1/2 xícara + 1 colher de sopa de castanha do Pará moída

1 xícara de farinha de aveia

1 colher de sopa de fermento em pó

1/2 xícara + 2 colheres de sopa de manteiga em temperatura ambiente

1 xícara de açúcar mascavo

4 gemas

4 claras em neve

1 colher de sopa de melado

1 colher de chá de Canela Ginger

1/2 colher de chá de Noz Moscada Ginger

1/2 colher de chá de Gengibre Ginger 

Coloque o forno para aquecer em 180°C. Misture a farinha com o fermento, a Canela, a Noz Moscada, o Gengibre, as castanhas picadas, 1/2 xícara das castanhas moídas e reserve. Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme e vá acrescentando as gemas, uma de cada vez, e por último o melado. Adicione a mistura de farinha, misture bem e incorpore delicadamente as claras em neve. Coloque em uma forma untada com Canela, açúcar mascavo e 1 colher de sopa da castanha moída e leve ao forno pré aquecido por aproximadamente 40 minutos ou até espetar o palitinho e o mesmo sair seco. Essa mistura na forma faz uma casquinha no bolo que olha, foi difícil não descascar o bolo todo depois de pronto.

A foto não ficou maravilhosa porque acabei retirando da forma sem esfriar totalmente porque precisava sair para compromisso. Então já sabe: Não faça isso.

image1

O melhor mesmo é o sabor sensacional de um bolo fácil e aromático que você não vai querer parar de comer. 🙂

 

 

FacebookEmailPrintCompartilhar
Read More

Posted by on maio 30, 2016 in Receitas | 0 comments

Bolo integral de Cacau com especiarias

Bolo integral de cacau com especiarias

Quando eu vi esta receita no Instagram da Juliana, tive certeza de que ficaria um espetáculo. Fiz algumas modificações e o resultado foi um bolo leve, aromático e bem saudável. Vem comigo ver essa maravilha:

Ingredientes

  • 03 Ovos
  • 01 xícara de farinha de trigo integral
  • 01 xícara de farinha de aveia
  • 01 xícara de açúcar mascavo
  • 1/2 xícara de passas pretas
  • 4 tâmaras
  • 1/2 xícara de óleo de girassol
  • 03 Colheres de Sopa de cacau em pó
  • 01 xícara de água quente
  • 01 Colher de Sopa de fermento em pó
  • 01 Colher de Chá de Canela Ginger
  • 01 Colher de Chá de Gengibre Ginger
  • 01 Colher de Chá de Noz Moscada Ginger

Bolo de cacau

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto o fermento. Retire, despeje em uma vasilha e acrescente o fermento.
Coloque em uma forma untada com canela e açúcar mascavo e leve ao forno pré aquecido por aproximadamente 40 minutos ou até espetar o palitinho e o mesmo sair seco.

Read More

Posted by on fev 16, 2016 in Espaço do cliente | 0 comments

Blueberry pie com pimenta da Jamaica e canela da Daniela

Blueberry pie: um clássico que fica ainda mais saboroso com as raspas de limão e as pitadas de noz-moscada e pimenta da Jamaica . Confira a receita que a  nossa cliente Daniela Fonseca nos mandou.

Daniblueberry

Ingredientes
Massa:
3 xícaras de chá de farinha de trigo (peneirada)
2 colheres de sopa de açúcar granulado
1 colher de chá de sal
240 g de manteiga sem sal gelada cortada em pedaços
6-8 colheres de sopa de água gelada

Recheio:
850g de blueberry ( pode usar cereja, framboesa, amora e vale testar com maçã também)
1 xícara de chá de açúcar granulado
pitada de noz-moscada
pitada de pimenta da Jamaica ou canela
raspas de meio limão (por ser siciliano)
2 colheres de sopa de suco de limão
4 colheres de sopa de fécula de batata.  

 

Massa:
A massa pode ser feita a mão ou no processador .
Coloque todos os ingredientes secos e a manteiga. Pulse até formar uma farofa, mas vai continuar com bolinhas de manteiga, daí você transfere para uma tigela e vai colocando as colheres de água uma a uma até dar o ponto.
Separe em duas partes uma maior que a outra e embrulhe no papel manteiga. Leve à geladeira por uma hora.

Recheio:
Misture todos os ingredientes e leve à geladeira .
A Daniela fez trançada, mas dá pra fazer aquela torta fechada tradicional.

Use uma forma ou pirex de torta de 23 cm, abra a massa e coloque o recheio. Após a torta montada, reserve-a na geladeira.

Pré-aqueça o forno a 260°, coloque a torta. Após 5 minutos reduza para 220º até a parte de cima ficar levemente dourada (aprox uns 10 minutos).  Abaixe para 190º e asse por mais 30-35 minutos.
Dica da cliente:
Coloque a fôrma da torta dentro da assadeira porque o recheio pode vazar.

Read More

Posted by on ago 4, 2015 in GingerTemperos | 2 comments

Bolo de maçã e cenoura com canela e noz moscada

A receita de hoje já fez sucesso na fanpage da Ginger: um bolo de maçã e cenoura com nozes, passas, canela e noz-moscada que combina com um bom café no fim da tarde.

bolo de maçã e cenoura

Ingredientes

1 ovo
1/2 xícara de açúcar mascavo
1/3 xícara de óleo vegetal da sua preferência (côco, canola…)
1/4 xícara de açúcar cristal
1/4 xícara de sour cream (veja como fazer aqui – ou substitua por iogurte grego!)
2 colheres de chá de extrato de baunilha
2 colheres de chá de canela
1/2 colher de chá de noz-moscada
1 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento
1 pitada de sal
3/4 xícaras de cenoura ralada
3/4 xícaras de maçã Fuji ou Gala ralada

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma de pão com manteiga e farinha e reserve.

Na batedeira, misture em velocidade baixa o ovo, os açúcares, o óleo, o sour cream, o extrato de baunilha, a canela e a noz-moscada. Tire a tigela e, com leveza, adicione a farinha e o sal, misturando ao creme formado pelos primeiros ingredientes.

Junte à mistura a cenoura ralada e a maçã. Quando estiver tudo bem misturado, adicione o fermento e espalhe a massa na forma, utilizando uma espátula para alisar o topo (a massa fica bem grossa).

Asse por 45 a 50 minutos ou até que o topo de massa comece a dourar e o palito saia do centro da forma limpo. Caso a massa comece a dourar antes de 35 minutos de forno, cubra a forma com papel laminado para evitar que a massa queime por fora.

Deixe esfriar por cerca de 15 minutos antes de desenformar para servir.

bolo de maçã e cenoura 2

Aqui em casa já fiz esse bolo com a receita tradicional, com um mix de farinha sem glúten (3/4 xícara) e farinha de maçã (1/4 xícara) e também já acrescentei nozes picadas e passas. Todas as variações fizeram sucesso!

Read More