Sal de ervas

Hoje em dia, com a correria da vida moderna, ficou muito mais fácil e prático escolher nas prateleiras dos supermercados aqueles alimentos industrializados, processados e de preparo rápido.
Mas nem sempre a praticidade deve ser o fator principal na hora de definir o cardápio do dia. Isso porque, além desse tipo de alimentação não ser adequado, ele também pode trazer alguns riscos à saúde.
O vilão, nesse caso, é o excesso de sódio contido na maioria desses alimentos. Segundo a OMS, a Organização Mundial da Saúde, os adultos devem consumir menos de 5 gramas de sal por dia – o equivalente a menos de uma colher de chá rasa –, mas os brasileiros estão muito acima dessa recomendação e consomem em torno de 12 gramas ao dia.

Uma dieta com grande quantidade de sódio pode causar problemas de saúde, como hipertensão, insuficiência renal e problemas cardiovasculares.
Pensando nisso, médicos, nutricionistas e endocrinologistas têm sugerido que as pessoas não deixem o saleiro sempre à mesa e que façam substituições saudáveis, como a utilização do sal de ervas que, nada mais é, do que uma preparação que realça o sabor e o aroma dos pratos, ajudando a diminuir a quantidade de sal durante as refeições.

Confira essa sugestão que trazemos hoje do Alimente-se bem do SESI-SP:

Sal de ervas

INGREDIENTES:
1 colher (sopa) de sal (refinado ou grosso)
1 colher (sopa) de orégano desidratado da Ginger
1 colher (sopa) de manjericão desidratado da Ginger
1 colher (sopa) de alecrim desidratado da Ginger

PREPARO:
Bata todos os ingredientes no liquidificador e utilize em substituição ao sal comum.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.